Páginas

Pesquisar este blog

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Deus existe...


 DEUS EXISTE

Esta é uma história verdadeira que aconteceu há alguns anos, na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Havia um professor de filosofia que era um ateu convicto. Sempre sua meta principal era tomar um semestre inteiro para provar que DEUS não existe. Os estudantes sempre tinham medo de argüi-lo por causa da sua lógica impecável. Por 20 anos ensinou e mostrou que jamais haveria alguém que ousasse contrariá-lo, embora, às vezes surgisse alguém que o tentasse, nunca o venciam. No final de todo semestre, no último dia, fazia a mesma pergunta à sua classe de 300 alunos: - Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé! Em 20 anos ninguém ousou levantar-se. Sabiam o que o professor faria em seguida. Diria: - Porque qualquer um que acredita em Deus é um tolo! Se Deus existe impediria que este giz caísse ao chão e se quebrasse. Esta simples questão provaria que Ele existe, mas, não pode fazer isso! E todos os anos soltava o giz, que caia ao chão partindo-se em pedaços. E todos os estudantes apenas ficavam quietos, vendo a DEMONSTRAÇÃO. A maioria dos alunos pensavam que Deus poderia não existir. Certamente, havia alguns cristãos mas, todos tiveram muito medo de ficar de pé. Bem... há alguns anos chegou a vez de um jovem cristão que tinha ouvido sobre a fama daquele professor. O jovem estava com medo, mas, por 3 meses daquele semestre orou todas as manhãs, pedindo que tivesse coragem de se levantar, não importando o que o professor dissesse ou o que a classe pensasse. Nada do que dissessem abalaria sua fé... ao menos era seu desejo. Finalmente o dia chegou. O professor disse: - Se há alguém aqui que ainda acredita em Jesus, que fique de pé! O professor e os 300 alunos viram, atônitos, o rapaz levantar-se no fundo da sala. O professor gritou: - Você é um TOLO!!! Se Deus existe impedirá que este giz caia ao chão e se quebre! E começou a erguer o braço, quando o giz escorregou entre seus dedos, deslizou pela camisa, por uma das pernas da calça, correu sobre o sapato e ao tocar no chão simplesmente rolou, sem se quebrar. O queixo do professor caiu enquanto seu olhar, assustado, seguia o giz. Quando o giz parou de rolar levantou a cabeça... encarou o jovem e... saiu apressadamente da sala. O rapaz caminhou firmemente para a frente de seus colegas e, por meia hora, compartilhou sua fé em Jesus. Os 300 estudantes ouviram, silenciosamente, sobre o amor de Deus por todos e sobre Seu poder através de Jesus. 13.11.2008
Certo homem declarava-se ateu. Parecia que nada seria capaz de mudar o seu pensamento, agora aos oitenta anos. Ele tinha uma boa aparência e percebia-se que era muito inteligente. Ele jamais apareceu em uma igreja. Um dia, o pastor de uma comunidade próxima foi visitá-lo com o propósito de falar sobre Deus e a salvação. Ele possuía todos os argumentos escarnecedores na ponta da língua. O pastor não teve a habilidade para responder a todos eles. Quando o visitante se levantou para sair, o homem lhe disse: "existe um argumento, meu caro amigo pastor, que você não apresentou e que eu não poderia contestar. Do outro lado da rua mora um homem que nunca falta aos cultos de sua igreja". "Sim, é o irmão José, um homem dedicado, santo e fiel", disse o pastor. O ateu continuou: "eu tenho percebido naquele homem uma alegria de viver que eu não possuo e não posso explicar. Sua vida é um argumento a favor de sua religião que eu não tenho como contestar." 21.11.2008
Perguntas sobre a existência de Deus perturbavam muitas vezes H. A. Hodges, um jovem brilhante professor de filosofia na Universidade de Oxford. Um dia quando ele vagueava por uma rua, passou por uma loja de arte. A sua atenção foi captada por um invulgar quadro na montra. Ele mostrava a figura de Jesus ajoelhado a lavar os pés aos Seus discípulos. Hodges conhecia a história registada em João 13 - O Deus incarnado lavando pés humanos. Mas de repente o significado completo daquela cena atraiu a atenção do coração deste jovem filósofo. Deus - Deus! - a humilhar-Se para fazer a mais humilde das tarefas! Pensou ele: Se Deus é assim, então este Deus será o meu Deus! Ver aquela pintura foi uma das circunstâncias que fizeram com que Hodges entregasse a Sua vida ao verdadeiro Deus - o Deus que lava pés. Nós, Cristãos, tomamos ocasionalmente a existência de Deus como um dado adquirido. Acreditamos no que a Bíblia nos conta sobre o Espírito eterno que nunca teve início e cuja existência nunca findará. Mas por vezes podemo-nos interrogar sobre o Seu caráter. Se Ele permite o infortúnio, como é que Ele pode ser simultaneamente amável e amoroso? Quando lemos João 13 atentamente, vemos que Deus é o Deus que lava pés. O Seu amor insondável e sacrificial por nós também deveria fazer com que nos rendêssemos a Ele. - Vernon Grounds 19.1.2009
Um ateu, daqueles que gostam de provocar confusão, não cessava de bradar em alta voz seu pensamento profano, dentro de um vagão de trem. "Deus! Deus!" ele gritava. "Não existe nenhum ser como um Deus!" "Isto é muito curioso", observou um homem que viajava quieto no mesmo vagão. "Por acaso eu O conheço".Depois de um pequeno momento em silêncio, ele tornou a dirigir-se ao ateu: "E mais curioso ainda é que sem O conhecer e dizendo que Ele não existe, você o odeia tanto!" O nosso coração tem experimentado um gozo abundante porque conhecemos o nosso Deus. E esse conhecimento não se restringe apenas ao que é informado na Bíblia ou em qualquer outro livro impresso. Ele faz parte de nossa vida, de nossas atitudes, de nossos sonhos, do dia a dia de nossa casa. Podemos ouvir Sua voz, podemos sentir o Seu afago, podemos caminhar tranquilos porque sentimos Sua mão nos dirigindo e protegendo. Deus existe, e tem sido a razão de nossas vidas. O nosso semblante tem irradiado alegria, porque Deus existe. Nosso coração se enche de amor por todos, porque Deus existe. Nós seguimos em frente, mesmo depois de um grande fracasso, com muito ânimo e determinação, porque Deus existe. Nós esperamos o brilho do sol, mesmo durante uma noite de chuva, porque Deus existe. Sim, Ele existe e não temos qualquer dúvida a esse respeito. Ele transformou nossos dias, deu novo sentido aos nossos anseios, nos encheu de felicidade quando as lágrimas pareciam não mais parar de rolar em nossa face. Como alguém pode ainda insistir em que Deus não existe? Deus existe! Nós o amamos! Sem Ele nada podemos fazer. 27.1.2009
Damico era dono de uma bem sucedida farmácia numa cidade do interior. Era um homem bastante inteligente mas não acreditava na existência de Deus ou de qualquer outra coisa além do seu mundo material. Um certo dia, estava ele fechando a farmácia quando chegou uma criança aos prantos dizendo que sua mãe estava passando mal e que se ela não tomasse o remédio logo iria morrer. Muito nervoso e após insistência da criança, resolveu reabrir a farmácia para pegar o remédio. Sua insensibilidade perante aquele momento era tal que acabou pegando o remédio mesmo no escuro, entregou-o à criança, que agradeceu e saiu dali às pressas. Minutos depois, percebeu que havia entregado o remédio errado para criança e, se aquela mãe o tomasse, seria morte instantânea. Desesperado, tentou alcançar a criança mas não teve êxito. Gritou em desespero.. e o tempo passava e nada acontecia. Sem saber o que fazer e com a consciência pesada, ajoelhou-se e começou a chorar e dizer que se realmente existia um Deus que não o deixasse passar por assassino. O tempo passava e ele, de joelhos ficava pensando que a mulher poderia já estar morta e, certamente, ele teria de pagar por isso. Refletiu sobre suas intemperança, sobre seu mau humor principalmente sobre sua insensatez. De repente, sentiu uma mão tocar-lhe o ombro esquerdo e ao virar deparou-se com a criança em prantos. Naquele momento ficou desconsolado. Mas tinha uma certeza: Deus, de fato, não existia. Já podia imaginar o que estava para lhe acontecer. O choro e o olhar triste daquela criança lhe atravessava a alma. No entanto, como um lampejo de sabedoria, perguntou ao menino o que lhe havia acontecido. Então aquela criança começou a dizer: - "Senhor, por favor não brigue comigo, mas é que caí e quebrei o vidro do remédio, dá pro senhor me dar outro?" Deus existe e te conhece pelo teu nome. Ele sempre tem o melhor para você, por mais que as circunstâncias mostrem o contrário. Creia neste amor que é maior do que qualquer um dos seus problemas, mesmo que estes sejam grandes e de difícil resolução. Creia na vida melhor que Ele tem preparada para você! Creia neste amor! Não considere esta mensagem como religiosa: é algo muito maior do que religião. É uma mensagem  sobre o amor de Deus que te faz estar próximo dele. A religião nunca fez das pessoas filhos e filhas de Deus. Quem te faz próximo ao seu Pai é este amor. Creia em todos os instantes deste dia como se fossem milagres realizados só para você, pois você é, com toda certeza, um dos milagres de Deus aqui na terra. 13.2.2009
Um senhor de 70 anos viajava de trem tendo ao seu lado um jovem universitário, que compenetrado lia o seu livro de ciências. O senhor por sua vez lia um livro de capa preta. Foi quando o jovem percebeu que se tratava da Bíblia, e estava aberta no livro de Marcos. Sem muita cerimônia o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou: - O senhor ainda acredita neste livro cheio de fábulas e crendices? - Sim. Disse o senhor. Mas não é um livro de crendices é a Palavra de Deus. Estou errado? Com uma risadinha sarcástica respondeu: - Claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a história geral. E veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de 100 anos, fez o favor de mostrar a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda crêem nessa história de que Deus criou o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco mais sobre que os cientistas dizem sobre isso. - É mesmo? - perguntou o velho cristão, e o que dizem os cientistas sobre a Bíblia? - Bem - respondeu o universitário, agora eu vou descer na próxima estação, mas deixe o seu cartão que eu lhe enviarei o material pelo correio. O velho então cuidadosamente abriu o bolso interno do paletó, e deu o cartão ao universitário. Quando o jovem leu o que estava escrito, abaixou a cabeça, e saiu cabisbaixo se sentindo pior que uma ameba. O cartão dizia: "Louis Pasteur, Diretor do Instituto de Pesquisas Científicas da École Normale de Paris". Isso aconteceu em 1892. 1.4.2009
Certo dia, um velho ateu inglês estava pescando tranqüilamente no lago Ness (lá no Reino Unido). Repentinamente seu barco foi atacado pelo monstro. Com uma cabeçada, o animal jogou a embarcação e o pescador para alto. Então, abriu sua enorme boca para devorar o homem. O ateu, desesperado, começou a gritar: -Deus me ajude! Deus me ajude! De repente, a cena se congelou. O céu ficou completamente vermelho e uma voz tonitruante soou: -Por que me pedes socorro, ateu? Eu pensava que tu não acreditavas em Mim! E o ateu: -Ora, Senhor, dá um tempo: eu também não acreditava que havia mesmo o monstro no lago Ness... 17.4.2009
Richard Dawkins, conhecido pelo título de “o maior ateu do mundo”, respondeu assim à mais famosa pergunta que se faz a um ateu: "E se você encontrar Deus depois da morte?" Dawkins respondeu: "Não havia provas o suficiente, Deus, não havia provas o suficiente! fonte: G1"7.7.2009
Yuri Gagarin, astronauta russo e primeiro a viajar pelo espaço, em 12 de abril de 1961, declarou que esteve lá no alto e não viu Deus.1.10.2009

3 comentários:

Lurdes da Silva Visintainer Pinheiro disse...

Vim trazer minha mensagem para você!
Deus Menino veio fazer morada entre nós.
O sinal é a estrela.
O cenário é o estábulo.
O motivo é comunicar seu amor à humanidade.
O presente é Jesus.
A certeza é que Deus, o Emanuel, está conosco.
O momento é de alegria.
O grito é de compromisso.
Que a estrela de Belém continue a brilhar.
E que o menino Jesus motive você a participar da construção da nova humanidade.
Que ele aponte o caminho da Boa Nova da Salvação,
para promover a paz, justiça e solidariedade.
Desejo a você, Boas Festas: Um Feliz Natal e um abençoado Ano de 2012.
Com carinho, Decca

Cláudia de Jesus Pinheiro disse...

Olá
Hoje estou dedicando um tempo para as visitas aos Catequistas Unidos...
Gostaria de saber onde acha que poderíamos melhorar... e como poderíamos nos unir cada vez mais, para honra e glória do Senhor!
Que sou ansiosa acho que todos já perceberam...rs Estou montando um planejamento para 2012 e gostaria de sua ajuda... veja a minha postagem de hoje. http://catequesenanet.blogspot.com/2011/12/catequistas-unidos-2012-vamos-planejar.html
Paz de Cristo!

Jonathan Cruz disse...

Uma dica de presente não posso dar... mas uma dica que te dou é para você dar aquilo que seu coração sentir que seja melhor.

Abraço

olá pessoal,

Espero que ese blog ajude vocês no preparo de seus encontros, sei que tenho que dar uma organizada, mas não está sobrando tempo...é muita coisa pra preparar...catequese, experiência e grupo de oração, em breve seminário, quando sobrar um tempo vou dar uma organizada para melhorar para vocês,
por enquanto, sintam-se à vontade, e a todos, de qualquer religião, sejam bem vindos.

a paz de Jesus e o amor de Maria,

Luciane.

catequista e evangelizadora mirim.
Igreja São José Operário,
Paróquia da Ressurreição.
vitória, es.

Total de visualizações de página

eu amo a...

um dia perfumado para você!

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget